fbpx
  • 19 3203-4885 11 3554-0984
  • 19 99113-6281 | 11 99712-5005

O papel das vitaminas na obesidade

02.01.2020

Vitamina D apresenta diversas funções no organismo. Além de ser fundamental para formação e manutenção dos ossos, prevenindo contra a osteoporose, estudos demonstram que a deficiência de vitamina D pode estar relacionada com a obesidade, o diabetes e a hipertensão.

Considerada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como a epidemia do século 21, a obesidade é um problema de saúde global. Estimativas recentes demonstram que em 2016, a prevalência de indivíduos acima do peso alcançou 1,9 bilhões de adultos (650 milhões já obesos) e 340 milhões de crianças/adolescentes com sobrepeso ou obesos em todo o mundo (OMS, 2018).

Segundo dados publicados na revista Obesity (2009), a deficiência de vitamina D é mais comum em pessoas obesas em relação às de peso normal. Neste contexto, Thacher (2011) sugeriu que o menor nível de vitamina D observado em indivíduos obesos ocorre devido ao sequestro desta vitamina pelo tecido adiposo, bem como à reduzida exposição solar desses pacientes.

Acredita-se também que a deficiência de vitamina D, por si só, pode aumentar o peso corpóreo, segundo dados de Adams (2010), conforme observado em um dos seus trabalhos. Entretanto, ainda não se sabe exatamente quais são os mecanismos que envolvem a deficiência de vitamina D com o desencadeamento da obesidade (RAQIF, 2018). Estudos preliminares utilizando adipócitos (células que armazenam gordura) demonstraram que a presença de níveis adequados de vitamina D poderiam inibir a produção de novos adipócitos e assim, reduzindo os riscos de obesidade (KONG, 2006).

Entre em contato